Vereadora Girle concedeu entrevista a uma rádio na capital onde expôs diversas questões de Apicum-Açu

A vereadora de Apicum-Açu, Girle Monteiro, considerada a principal liderança da oposição municipal, foi a convidada para uma entrevista ao vivo, na última quinta-feira (1), às 18h, ao programa Passando a Limpo, transmitido pela Rádio Nova FM (93.1), apresentado pelos jornalistas Osvaldo Maya e Diego Emir. Girle aproveitou a participação no programa de grande audiência no Estado para trazer a tona temas relacionados à sua atuação frente ao parlamento municipal, bem como sua posição política de oposição ao atual prefeito, Claudio Cunha e seu grupo político, além da questão política a vereadora destacou os “problemas enfrentados” pela população, e respondeu as questões que lhe forem apresentadas.

Em uma época em que a política não tem sido mais um assunto tão prazeroso para dialogar, por conta de diversos escândalos envolvendo os nomes de vários políticos por todo o Brasil, a vereadora Girle de Apicum-Açu vem se destacando bastante pela forma como tem conduzindo o seu mandato. E isso, tem chamado a atenção, não só da população de Apicum-Açu, mas também, de toda a região, como prova dessa ascensão política, a parlamentar foi a convidada para participar em São Luís de uma entrevista da Rádio Nova FM, em um de seus programas de maior audiência, atualmente a parlamentar está em seu terceiro mandato consecutivo e já é vista pelos seus conterrâneos como uma das maiores forças políticas do município de Apicum-Açu, e forte nome na corrida pro executivo em 2020. Com 32 anos, Girle é casada e teve dois filhos, uma menina e um menino, este último já falecido.

Na entrevista a vereadora destacou o que ela chamou de “precariedades no município”, nas áreas da saúde, onde segundo a vereadora está faltando até os medicamentos de urgência, bem como ambulâncias sucateadas e jogadas no fundo do hospital, sem manutenção. Ainda na entrevista a vereadora criticou a condição da educação, segundo Girle, nesta questão são os ônibus escolares os principais problemas, pois segundo Girle os alunos principalmente dos povoados faltam aula quase todos os dias devido manutenção dos transportes e reparos das estradas vicinais.

Sobre infraestrutura, a vereadora destacou a pavimentação das ruas, para Girle, estão praticamente intrafegáveis. Na segurança a vereadora fez críticas a falta de segurança, em especial os episódios ocorridos nos últimos dias, quando jovens que disputavam um torneio privado, com apoio logístico da prefeitura e que usavam escolas municipais como alojamento foram assaltados e tiveram seus pertences levados pelos marginais, assustados, algumas delegações deixaram a competição.

 

A vereadora Girle é conhecida na região pela sua posição política, e como ela mesmo gosta de dizer, “seu mandato é pra servir ao povo”, historicamente a vereadora sempre está envolvida em interesses difusos, foi assim com os concursados que buscaram a justiça para serem nomeados, a parlamentar foi uma das pessoas que deu voz ao movimento dos aprovados. A vereadora disse ao ICURURUPU que sua posição política nada tem haver com o fato de ser de oposição, ao contrário, seus questionamentos se dá em razão de ser uma vereadora que “diariamente ouve a voz do povo”, e que uso seu mandado para da legitimidade aos pedido da comunidade, filha do município, Girle se considera uma vereadora a frente do tempo, segundo ela, são poucas as mulheres nos parlamentos, e desta forma é necessário que essa realidade seja mudada. Girle afirma acreditar na alternância do poder no município, somente dessa forma vai ser possível que os cidadãos tenham seus pleitos atendidos.

“Política não é um bem de família, tão pouco pode ser vista como um negócio, políticos tem que antes de mais nada ouvir a sociedade, ouvir as necessidades do povo, não basta ter apoio político, é necessário construir uma aliança com o povo, é isso que venho fazendo durante esses meus três mandatos”, disse a parlamentar.

A vereadora tem feito diversas denuncia contra a gestão municipal, nos mais diversos órgãos de controle, e segundo ele, espera que as investigações sejam feita, pois somente dessa forma vai ser possível comprovar o que a ela vem denunciando.

“Atualmente o gestor está se preocupando só com a pré-candidatura da sua esposa no povoado vizinho de Serrano do Maranhão, hoje praticamente Apicum-Açu está abandonado, é mais fácil encontrar o prefeito em Serrano do que em Apicum-Açu, e isso reflete na condição que o município vive atualmente, eu como vereadora lamento essa situação, e não falo isso apenas por ser oposição, falo isso porque é o sentimento das pessoas nas ruas, de modo geral, certamente estamos passando um dos momentos mais difíceis da história recente de Apicum-Açu no que se refere a gestão municipal”, falou Girle ao ICURURUPU após a entrevista na Rádio Nova FM.

O ICURURUPU fez contato com o prefeito de Apicum-Açu CLaudio Cunha, sobre os questionamentos levantado pela vereadora durante a entrevista a Rádio Nova FM, e ao ICURURUPU, mais o prefeito ainda não respondeu nossos questionamentos.

Por ICURURUPU

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: