“Conselhão da corrupção”, diz deputado Wellington ao denunciar que Flávio Dino já gastou mais de R$ 34 milhões com jetons para aliados políticos

Durante a sessão plenária desta quarta-feira (24), o deputado estadual Wellington do Curso utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa para fazer uma denúncia em desfavor do governador Flávio Dino. Trata-se de servidores com cargos no governo que, paralelamente ao salário, recebem os chamados “jetons“, que são valores pagos para funcionários governamentais participarem de reuniões e conselhos. De 2015 a 2021, os valores totalizam R$ 34 milhões, sendo que somente em 2021 já foram gastos R$ 5, 4 milhões.

Ao mostrar dados extraídos do Portal da Transparência, o deputado Wellington questionou os resultados de tais reuniões, já que, ainda em meio à pandemia, as gratificações foram pagas aos aliados políticos.

“O governador Flávio Dino já gastou R$ 34 milhões só com jetons para aliados políticos. Isso deveria ser uma gratificação para os funcionários que participassem de reuniões e conselhos. Ocorre que, no Maranhão, isso é um verdadeiro conselhão da corrupção. Secretários de estado, por exemplo, além de receber seus salários, também recebem as gratificações. Blogueiros e jornalistas também estão no esquema. Oficiei a Casa Civil solicitando os relatórios de tais reuniões e as assinaturas que confirmem as presenças dos participantes, já que receberam para estar lá. Sigo firme na fiscalização. Em breve, entregarei um relatório com todas as informações para que sejam adotadas as devidas providências pelo Ministério Público”, afirmou o deputado Wellington

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: