Associação Comercial do Maranhão realiza Missão Empresarial para o Vale do Silício (EUA)

Quando se trata de tecnologia e inovação, o Vale do Silício (EUA) é referência mundial. O local é um dos principais polos tecnológicos do mundo, ambiente no qual grandes nomes como Mark Zuckerberg e Steve Jobs ergueram seus impérios, que hoje geram grandes fortunas e inspiram gerações de empreendedores mundo afora.

Uma iniciativa da Associação Comercial do Maranhão, em parceria com a empresa paulista Startse, vai assegurar oportunidade para empresas locais e de estados vizinhos de conhecerem esse ambiente e saber como grandes empreendimentos lá instalados prosperaram utilizando a inovação como arma.

Trata-se da Missão Empresarial ao Vale do Silício, organizada em conjunto pela ACM e Startese, programada para o mês de novembro (no período de 7 a 11/11), uma imersão que promete ser transformadora ao possibilitar contatos, conhecimento e troca de experiências com esses grandes players, customizada a partir de cinco eixos que vão orientar a programação de visitas, cujo objetivo atender às necessidades dos participantes.

De acordo com o presidente da Associação Comercial do Maranhão (ACM), Cristiano Barroso Fernandes, a missão levará ao Vale do Silício executivos, empreendedores e estudantes que desejam entender a forma como negócios estão sendo feitos na região mais inovadora do planeta, conhecer histórias inspiradoras de sucesso, a exemplo da Netflix, Google, Twitter, Microsoft, Amazon, Uber, entre outras e, principalmente, ganhar conhecimento sobre inovação e tecnologia e sobre como esses dois aspectos podem representar diferenciais importantes para o crescimento das empresas locais. Além disso, os participantes poderão usar startups do Silício como inspiração para ampliação de suas ativid ades, expansão e ocupação de novos nichos de mercado, onde predominam novos modelos de negócios cada vez mais inovadores.

A Missão Empresarial Vale do Silício foi totalmente customizada para o Maranhão para ser uma missão objetiva e prática destinada aos segmentos em potencial do estado que estão dentro dos eixos Varejo, Fintech, Health, Infra e Logistica e Agro. Ela oferece 5 dias de imersão, 12 horas de atividades diárias, os participantes estarão acompanhados de autoridades do empreendedorismo e inovação do time da Startse, que fará a tradução simultânea durante as visitas ao longo da programação.

“A Missão Empresarial possibilitará contato com a história do Vale do Silício e com empreendimentos de sucesso, pessoas e com a essência colaborativa do polo, sendo uma oportunidade de conhecer muito mais além das empresas, mas a mentalidade existente no local, além da forma de se fazer negócios, de plataformas e ideias inovadoras. Os interessados em conhecer mais detalhes da programação e valores podem entrar em contato com a ACM pelos telefones 98 3133-5800 ou 98 98882-8382”, explicou Cristiano Barroso Fernandes. “Em um momento de transformações e de busca de alternativas de recolocação no mercado, vale a pena investir nessa oportunidade de preparação para o novo mercado” , pontua o presidente da ACM.

Vale do Silício: porque vale a pena conhecer

O chamado Vale do Silício está localizado na Baía de São Francisco (Califórnia), na costa oeste dos Estados Unidos. O local abriga 39 da 1000 empresas mais valiosas dos EUA, são negócios com histórias inspiradoras de sucesso, sendo considerado o paraíso para empresários e profissionais dos ramos de tecnologia, empreendedorismo, inovação e marketing. Com essas características, o Vale do Silício apresenta uma grande potencial para o encontro de parceiros de negócios, desenvolvedores, investidores e aceleradores.

Outro ponto forte do Vale do Silício é que a região contrata os melhores entre os melhores, ou seja, a competitividade é altíssima. Os salários médios mais bem pagos das empresas na região ficam entre 133 mil dólares e 171 mil dólares. Sem falar das condições de trabalho: as companhias oferecem no local de trabalho, diversas opções de lazer, como massagens, salas de jogos, em alguma delas os colaboradores podem ir até descalços.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: