Aluisio Mendes demonstra otimismo após audiência com ministro da infraestrutura

A audiência da Bancada Federal Maranhense com o ministro da infraestrutura Tarcísio Gomes foi muito concorrida e proveitosa, o deputado federal Aluisio Mendes se mostrou otimista com as garantias dadas pelo ministro que as BR’s do Maranhão terão atenção especial.

O deputado Aluisio Mendes (PSC) assim como os demais integrantes da bancada do Maranhão demonstrou preocupação em relação as estradas federais e espera que a realidade mude e  assegurou que a reunião trouxe esperança para os maranhenses.

Nós, parlamentares da Bancada Maranhense, estamos preocupados com a precária situação das rodovias de nosso estado. Obras pela metade, recursos que destinamos foram desperdiçados enquanto a população não recebeu as rodovias com a devida qualidade. Hoje, fomos recebidos pelo ministro Tarcísio Gomes e saímos da audiência confiantes de que, nessa nova gestão, as obras serão supervisionadas. Além de contar com a liberação de novos recursos teremos também o apoio do Exército Brasileiro na execução das obras, temos destinado muitos recursos para a recuperação das rodovias do Maranhão mas as obras continuam pela metade e de péssima qualidade. Hoje, solicitamos a supervisão e a retomada das obras de manutenção e recuperação das BR’s 135, 316, 222 e 226 e da obra de travessia urbana de Imperatriz na BR-010″, destacou.

 

O Deputado Aluisio Mendes também comentou do histórico de obras de responsabilidade do governo federal, “algumas empresas de fundo de quintal, de fachada, ganham as licitações, abandonam as obras ou entregam serviços de péssima qualidade” afirmou Aluiso.

O ministro da infraestrutura garantiu que o Exército Brasileiro, a exemplo da BR-163 do Pará, assumirá as obras de recuperação das rodovias no estado, de maneira emergencial ocorrerá a  recuperação e a manutenção das BRs, outro ponto importante da audiência foi a garantia da retomada das obras na BR 010 no perímetro urbano da cidade de Imperatriz, uma travessia que liga o centro da cidade a diversos bairros, uma obra que há anos não avança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: