Procurador Geral do Município de Imperatriz se envolve em confusão em cavalgada

A Polícia Civil de Imperatriz – MA registrou neste sábado (06) na delegacia regional, uma confusão envolvendo o Procurador Geral do Município Rodrigo do Carmo, um pai e seu filho que sofreram agressões físicas dentro de sua própria residência. Segundo a Polícia Militar do 3º Batalhão de Imperatriz que após ser acionada e que fez a ocorrência, ao chegar na residência de Jefferson Costa Nunes de 30 anos localizado na rua Floriano Peixoto no bairro Nova Imperatriz, Jefferson e seu pai estava com escoriações pelo rosto em detrimento das agressões do procurador Rodrigo e mais duas pessoas que estava em sua companhia que ainda não foram identificados.

O motivo das agressões sofridas por pai e filho, esta relacionado a um suposto furto de um “bridão e uma cela” de cavalo que foi encontrado na residência de Jefferson. A Polícia Militar confirmou na ocorrência que os objetos foram apreendido juntamente com o Jefferson e encaminhado a delegacia.

Segundo o depoimento de Jefferson e do seu pai, eles negaram a autoria do possível furto e que o cavalo estava solto na rua e pegaram o cavalo e amarraram em uma árvore próximo a sua residência na rua Floriano Peixoto.

 

O procurador nega as acusações de agressão ao pai e filho e relatou que na tentativa de recuperar o “bridão e a cela” houve uma luta corporal entre o procurador, Jefferson, seu pai e mais duas pessoas que estava na companhia do procurador, porque pai e filho se recusaram à fazer a devolução. Jefferson e seu pai foram ouvidos pelo delegado Vital Rodrigues e em seguida liberados.

Os objetos já foram restituídos pela delegacia regional de Imperatriz ao procurador Rodrigo do Carmo.

Ocorrência da PM e o termo de restituição dos objetos (Foto: Divulgação/Willamyfigueira.com)

O radialista Justino Filho que recentemente também foi agredido violentamente pelo Prefeito Assis Ramos, se pronunciou nas redes sociais e deixou um alerta a população e as autoridades de Imperatriz

 

Com a palavra o senhor Procurador Geral do Município de Imperatriz Rodrigo do Carmo, se houver algo a comentar ou justificar tamanha agressão.

Informações: Willamy Figueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: