MPMA recomenda que Prefeitura de São Luís deixe de recolher lixo produzido por empresas de grande porte

Obedecendo uma recomendação do Ministério Público, a Prefeitura de São Luís não irá mais fazer o recolhimento do lixo produzido por shoppings centers, hotéis, hospitais e restaurantes de grande porte. O comunicado foi feito na semana passada e já passa a valer.

No ano de 2017, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior emitiu um decreto que determinou o recolhimento do próprio lixo daqueles grandes produtores de resíduos sólidos.

Após três anos da instituição do decreto e com tempo suficiente para adequação, o Ministério Público está recomendando o cumprimento do dispositivo do executivo.

O Comitê Gestor de Limpeza de São Luís emitiu uma nota sobre a situação:

“A promotoria de Meio Ambiente nos encaminhou uma lista com essas empresas consideradas grandes geradores e determinou que não fosse feita mais a coleta nesses locais, pois de acordo com a lei municipal e a política nacional de gerenciamento de resíduos sólidos, os grandes geradores deverão se responsabilizar pela coleta, transporte e destinação final dos resíduos produzidos por suas atividades e não mais o poder público”.

Dentre os estabelecimentos que não vão mais receber a coleta de lixo estão São Luís Shopping, UDI Hospital, restaurante Cabana do Sol, Hotel Stop Way, Renault etc.

Confira a lista a seguir:

Por Diego Emir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: