Ivaldo Rodrigues destaca na Câmara Ecopontos e coleta seletiva de São Luís

Durante a Sessão Plenária realizada na manhã desta terça-feira (18), na Câmara Municipal de São Luís, o vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), destacou os avanços em limpeza pública e coleta seletiva voluntária de resíduos sólidos na capital, através do trabalho do prefeito Edivaldo Holanda Junior e da presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana de São Luís, Carolina Estrela, com a criação e expansão dos Ecopontos.

Os Ecopontos são equipamentos públicos nos quais a população deve realizar a entrega voluntária de resíduos recicláveis, resíduos de construção civil (RCC) e volumosos, contribuindo diretamente com a redução dos pontos de descarte inadequado desses materiais e beneficiando o meio ambiente com a diminuição dos impactos ambientais como a contaminação e poluição do solo, das águas subterrâneas e do ar, além dos benefícios à saúde pública.

“É de fundamental importância para toda a cidade garantir da destinação adequada dos resíduos, que somada à integração dos catadores de resíduos recicláveis ao sistema de limpeza urbana, resulta não só na geração de renda, mas na garantia de um crescimento da taxa de materiais reciclados e na possibilidade de reaproveitamento destes resíduos no município”, explicou o parlamentar na tribuna.

Os Ecopontos contribuem diretamente para a geração de renda, onde estes possibilitaram a inserção das cooperativas de reciclagem ao sistema de limpeza urbana do Município, uma vez que os resíduos recepcionados nos Ecopontos são encaminhados para as cooperativas de reciclagem cadastradas junto à Prefeitura de São Luís.

No município de São Luís, a política dos Ecopontos foi iniciada no ano de 2016, na gestão do prefeito Edivaldo, e atualmente são 18 equipamentos em funcionamento e 2 em fase de finalização da construção, que beneficiam a população de forma direta e indireta, com a implantação dos Ecopontos a taxa de recuperação de materiais recicláveis no município foi elevada de 0,46% para 5,44%, apresentando o maior índice entre as capitais nordestinas.

Desde sua implantação os Ecopontos já receberam em torno de 50 mil toneladas de resíduos entre recicláveis e volumosos, que são destinados conforme suas características. Com tudo, o município almeja avançar ainda mais com práticas que reduzam a geração de resíduos, incentivem a reciclagem e o reaproveitamento destes supracitados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: