Deputado Wellington denuncia exercício ilegal de medicina por cubanos no Maranhão com aval de Flávio Dino

Atendendo a solicitação de profissionais da saúde, o deputado estadual Wellington do Curso vistoriou a UPA da Vila Luizão, em São Luís, onde constatou o exercício ilegal da medicina por parte de um suposto médico cubano. O médico atua no local sem qualquer autorização legal, respaldando-se apenas no aval da Secretaria de Saúde e, consequentemente, em Flávio Dino.

No local, o deputado Wellington requereu a identificação do médico, que se negou e disse que todas as informações estavam sob domínio da Secretaria de Saúde.

“Recebemos mais de 30 denúncias de profissionais da saúde relatando casos como esse do médico cubano que exerce a medicina de forma ilegal na UPA da Vila Luizão sem sequer ter sido aprovado no Revalida, por exemplo. No ato da nossa investigação, o suposto médico chegou a dizer que toda a identificação era de domínio da Secretaria de Saúde, o que revela a responsabilidade de Flávio Dino sobre o caso. E o mais grave, estava atendendo e prescrevendo, só que a assinatura era colocada por outro médico, que também cometia crime. E como fica a saúde da população entregue nas mãos de uma pessoa que se diz médico e não comprova. Estamos finalizando representação para que o Ministério Público, CRM e Polícia Federal investiguem o caso em questão”, disse Wellington do Curso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: