De olho em 2022, Bolsonaro fala em tirar PCdoB do MA e lançar Tarcísio em SP

O presidente Jair Bolsonaro conversou com apoiadores neste domingo (2.mai.2021) em frente ao Palácio da Alvorada. O chefe do Executivo falou rapidamente sobre planos eleitorais, envolvendo a política local do Maranhão e de São Paulo.

Vamos arrancar esse PCdoB do Maranhão, disse depois de um apoiador se apresentar e afirmar que é maranhense. O Estado é governado por Flávio Dino (PCdoB) desde 2015. O comunista é opositor do presidente.

Bolsonaro também falou sobre o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, quando um visitante o citou. “Estou querendo emprestar o Tarcísio para São Paulo. Entendeu o recado aí, né?”, afirmou.

Não é a 1ª vez que o presidente comenta a possibilidade de lançar o chefe do ministério ao governo do Estado. Em 26 de abril, perguntou também a um apoiador em frente ao Palácio da Alvorada: “Quem sabe São Paulo adote o Tarcísio para o ano que vem?“. Na ocasião, o presidente voltou a criticar o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). “É obcecado pelo poder“, opinou.

Bolsonaro saiu do Palácio da Alvorada neste domingo acompanhado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e do deputado Hélio Lopes (PSL-RJ). Falou rapidamente com jornalistas para anunciar que a Rússia concedeu indulto ao motorista brasileiro Robson Oliveira, preso no país desde março de 2019.

O chefe do Executivo não quis responder a perguntas sobre outros assuntos e deixou o local onde realizou o pronunciamento sem conceder entrevistas. Alguns apoiadores do presidente aplaudiram a atitude. Um dos visitantes xingou os jornalistas de bandidos, vagabundos e filhos da puta.

Por Poder 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: