“Bolsonarismo e coronavírus são doenças”, afirma Flávio Dino

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), mesmo em plena pandemia do novo coronavírus, segue diariamente fazendo duras críticas ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

Nesta segunda-feira (30),em entrevista ao site UOL, Flávio Dino chegou a afirmar que “bolsonarismo e coronavírus são doenças que o Brasil deve enfrentar”.

“Meu diagnóstico é que o Brasil se defronta com duas patologias, duas doenças. Uma, no sentido estrito da palavra, que são as síndromes derivadas do coronavírus. A outra doença é uma patologia política que atende pelo nome de bolsonarismo ou Bolsonaro. Temos que cuidar de uma de cada vez”, afirmou.

Na entrevista, Flávio Dino voltou a falar de um impeachment para retirar Bolsonaro da Presidência da República.

“É uma possibilidade, sem dúvida. Material de análise, de propositura para uma ação por crime de responsabilidade é bastante farto, lamentavelmente. Eu diria que, diariamente, são praticados atos e ações omissivas por parte do presidente da República que se amoldam às figuras de crime de responsabilidade descritas tanto na Constituição quanto na Lei 1.079/1950. Desde a quebra cotidiana de decoro, da atitude típica, que se espera de um chefe de Estado, até mesmo a tentativa de coagir outros Poderes do Estado e coagir os entes da Federação, mediante ameaças”, afirmou.

Clique aqui para ler a entrevista completa ou veja o vídeo publicado.

 

Por Jorge Aragão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: