Notícias

“SUPREMA COERÊNCIA” | Flávio Dino dá decisão contra modelo que elegeu seu ex-chefe da Casa Civil para o TCE-MA

Por Folha

Relator de ações de inconstitucionalidade sobre normas que tratam da indicação de conselheiros do TCE (Tribunal de Contas do Estado) do Maranhão, o ministro Flávio Dino (STF) contesta as mesmas regras que elegeram seu ex-chefe da Casa Civil como integrante do órgão em 2021.

Na última segunda-feira (4), Dino suspendeu o processo de escolha de membro do tribunal argumentando que haveria assimetria entre a sistemática prevista na Constituição Federal para escolha de ministros do TCU (Tribunal de Contas da União) e as normas da Constituição do Maranhão e do regimento interno da Assembleia Legislativa maranhense.

Um dos pontos questionados diz respeito ao modelo de votação. As regras maranhenses preveem votação nominal para o TCE, em que o voto de cada deputado é revelado, enquanto os membros do TCU são eleitos de forma secreta. Na decisão, Dino cita jurisprudência da corte em relação à inconstitucionalidade da adoção do modelo de votação aberta.

Essa sistemática, no entanto, elegeu em agosto de 2021 Marcelo Tavares, chefe da Casa Civil de Dino quando o hoje ministro governava o Maranhão. Ele foi eleito por unanimidade.

One thought on ““SUPREMA COERÊNCIA” | Flávio Dino dá decisão contra modelo que elegeu seu ex-chefe da Casa Civil para o TCE-MA

  • Demóstenes Sena Brown

    Esse v… dispensa a perda em ainda se fazer algum comentário.
    Porém, lhe parabenizo pelo excelente trabalho,pois não só o Brasil,mas também precisão de bons profissionais em nossa comunicação,pois não basta somente ser competente,mas sim usar o talento com coerência, responsabilidade e comprometimento com a verdade.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *