Secretário Canindé Barros recebe comissão de moradores que realizaram protesto no Jaracati

A terça-feira em São luís começou com um protesto na avenida professor Carlos Cunha que praticamente parou a cidade, moradores fecharam umas das principais avenidas de São Luís e corredor de grande trafegabilidade de veículos, impedindo o acesso à ponte Bandeira Tribuzzi nos dois sentidos, o protesto foi  motivado pela morte de quatro pessoas em um acidente grave, ocorrido na madruga de domingo (8).

Os moradores reivindicam a construção de uma barreira de contenção de concreto ou um guard rail metálico, no local do acidente, nas proximidades da cabeceira da ponte. Parentes das vítimas e moradores também exigem que o condutor que dirigia o veículo causador de tamanha tragédia, Victor Yan Araújo, de 25 anos, continue preso, já que o mesmo foi autuado em flagrante por homicídio culposo.

O protesto da manhã desta terça-feira(10) provocou engarrafamentos gigantescos nas principais avenidas de São Luís, além do Jaracati, motoristas que passavam pela Camboa, Calhau, Renascença e até São Francisco foram afetados com os reflexos da manifestação.

Os moradores encerraram o protesto por volta das 09:15 após serem convidados para uma reunião com o Secretário Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros, na sede da secrataria e depois de confirmado que também seriam recebidos pelo Secretário de Estado da Segurança do Maranhão, Jefferson Portela.

Imediatamente a comissão seguiu para a SMTT, onde se reuniu com Canindé Barros, que se comprometeu em buscar soluções para os problemas apontados pelos moradores.

Diálogo e entendimento coletivo são fundamentais para qualquer mudança. Foi esta a tônica da reunião que aconteceu na Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes ( SMTT) entre o secretário Canindé Barros e representantes do bairro Jaracaty com a finalidade tratar de questões referentes a mudanças no trânsito na área. A mudança deve ocorrer na Avenida Carlos Cunha, logo após a Ponte Bandeira Tribuzzi até o Banco do Brasil, visando proporcionar segurança para pedestres, motoristas e moradores da área.

Dentre as medidas que serão tomadas por parte secretário Canindé Barros e a SMTT, estão à implantação de uma mureta na lateral direita da pista (sentido Centro), mudança de retorno e sinalização, presença de agente nos horários de pico de trânsito, intensificação de ações educativas na área, além de outras medidas, incluindo uma passarela. Algumas mudanças já começam amanhã.

A comissão de moradores também irá ao Ministério Público para buscar apoio a outras reivindicações da comunidade.

Os moradores pediram apoio de Canindé Barros para intermediar a transferência de Pedrolina Pereira, umas das feridas no acidente, para um hospital de alta complexidade. A vítima continua internada no Socorrão 1 e seu quadro de saúde é gravíssimo.

 

Resultado do acidente, mortos e feridos

As vítimas do acidente foram as primas Carla Correa Diniz, de 40 anos, e Thiana Naires Alves Correa, de 32 anos; Luiz Henrique Durans Neto, de 37 anos; e Maurício Andrey Soares, passageiro do veículo Corolla.

Os feridos são: Petrolina Pereira, de 41 anos, que permanece em estado gravíssimo; Dione Lopes Machado, de 28 anos; Temar (esposa de Carla Correia); Giuliana Tereza Tribuzzi Neves, de 26 anos, residente na Rua da História, no bairro Cohafuma; Sami Tavares, de 25 anos, residente na Av. Colares Moreira, no Renascença; e Walter da Hora Diniz, de 22 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: