Prefeitura de São Luís segue com cronograma de vacinação contra Influenza/H1N1 nesta terça-feira

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) retomou, nesta segunda-feira (30), a campanha de vacinação contra a Influenza/H1N1 na capital maranhense. Crianças de seis meses a menores de seis anos e idosos acima de 60 anos de idade estão sendo vacinados por ordem alfabética. A nova estratégia de vacinação, que inclui ainda o atendimento em drive thru – exclusivo para idosos – , foi pensada de forma a evitar aglomerações, conforme determinam as autoridades de saúde por causa da pandemia do novo coronavírus. Nesta etapa também é público-alvo os profissionais da área de saúde. A campanha reforça as ações preventivas de saúde da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Na retomada da campanha, suspensa semana passada devido à grande procura que esgotou as doses nos postos, a Prefeitura adotou a estratégia de montar postos volantes em unidades de ensino na capital maranhense distribuídas pela cidade. Um drive thru (modelo de atendimento em que o paciente não precisa sair do veículo) também foi montado na avenida do Contorno, no Complexo Castelinho (onde usuários realizam aulas práticas para a prova do Detran) e que também funcionará de segunda a sexta-feira.

Para descentralizar a demanda, a Semus dividiu os atendimentos por data e obedecendo à calendário orientado por ordem alfabética (utilizando o nome do paciente). Nesta primeira semana, usuários cujos nomes iniciam entre A e D serão imunizados. Posteriormente, os usuários integrantes das demais letras serão beneficiados em calendário a ser divulgado pelo órgão oficial e veículos autorizados.

Nas escolas, por exemplo, idosos e crianças poderão ir de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Neste caso, ainda de acordo com a pasta, os idosos serão vacinados de forma exclusiva nestes locais das 8h ao meio-dia. À tarde, será a vez das crianças.

No drive thru, somente idosos receberão a vacina de forma exclusiva entre às 8h e às 16h. No primeiro dia, foi possível ver idosos (dirigindo por conta própria ou com seus familiares ou responsáveis legais) aguardando em fila onde vacinadores imunizavam contra a influenza.

A metodologia evitou aglomerações e deu mais conforto, já que os idosos puderam esperar acomodados nos veículos. “Este método, aplicado com sucesso em capitais brasileiras, também foi trazido para a nossa cidade. A ideia é dar mais conforto aos idosos e, principalmente, impedir as grandes aglomerações. A estratégia, que segue orientação do prefeito Edivaldo, deu certo e, com isso, nosso público está sendo protegido”, disse o secretário de Saúde, Lula Fylho, que acompanhou in loco os trabalhos.

Um dos que buscaram atendimento nesta segunda-feira foi o aposentado Antônio Carlos dos Santos, de 61 anos, morador do Calhau. Ele esteve no drive thru e gostou do atendimento. “Muito bom o atendimento. A iniciativa foi excelente”, disse.

DOSES

Novas doses estão sendo aguardadas pela Prefeitura que está em contato direto e contínuo com o Ministério da Saúde, solicitando novas doses para proteger a população.

Nas escolas, pela manhã e tarde desta segunda-feira (30), a procura também foi grande. Para impedir aglomerações, várias salas foram disponibilizadas nas unidades de ensino. “Nossa equipe está mobilizada e foi reforçada para atender a demanda”, disse a coordenadora do Setor de Imunização da Semus, Charlene Luso.

Apesar da suspensão da campanha na segunda-feira (23) devido à grande procura nos postos de saúde, ações isoladas e fundamentais foram executadas. Além da aplicação das doses aos acamados (pessoas com dificuldades de locomoção) no domicílio, a Semus também catalogou os pedidos feitos por síndicos ou responsáveis em condomínios. Até a semana passada, 168 condomínios haviam sido catalogados. Nestes locais, apenas idosos acima de 60 anos e crianças de seis meses a menores de seis anos serão imunizados.

Para facilitar a vida dos usuários e evitar aglomerações desnecessárias, a pasta disponibilizou um e-mail para síndicos e/ou responsáveis legais por condomínio. A pasta orienta que o interessado encaminhe e-mail para influenza2020.semus.slz@gmail.com. Deve ser informado, no contato, o nome do condomínio.

 SAIBA MAIS

Os postos de vacinação desta nova etapa da campanha funcionarão exclusivamente nas seguintes unidades de ensino:

Colégio Militar Tiradentes – Endereço: Rua Gabriela Mistral, Vila Palmeira

IEMA (Centro) – Endereço: Rua Oswaldo Cruz, Centro

UEB Anexo Ronald Carvalho – Endereço: Avenida Argentina, Planalto Turu II

UI Padre Newton Pereira – Endereço: Avenida Leste Oeste, s/n, Cohatrac

UEB Rosália Freire – Endereço: Avenida dos Portugueses, Vila Isabel

 UEB Rubem Almeida – Endereço: Rua da Mangueira, Coroadinho

 UEB Cruzeiro do Sul – Bairro: Vila Nova

 UEB Laura Rosa – Endereço: Rua Marly Sarney, Cidade Operária

 UEB Júlio Mesquita – Endereço: Avenida dois, nº 14. Cohab/Anil

 UI Nascimento de Morais – Endereço: Avenida 3, Vinhais

UEB Ana Lúcia Chaves Fecury – Endereço: Rua Santo Antônio, São Bernardo

UEB Neiva Moreira – Endereço: Avenida nº 01, Conjunto Bequimão

Vacinação por ordem alfabética em escolas públicas*

Dia 30/03: idosos e crianças cujos nomes começam pela letra A

Dia 31/03: idosos e crianças cujos nomes começam pelas letras A e B

Dia 01/04: idosos e crianças cujos nomes começam pelas letras A e B

Dia 02/04: idosos e crianças cujos nomes começam pelas letras C e D

Dia 03/04: idosos e crianças cujos nomes começam pelas letras C e D

 *Neste caso, idosos se vacinam das 8h ao meio-dia e crianças das 13h às 17h

No drive-thru*

Dia 30/03: idosos cujos nomes começam pela letra A

Dia 31/03: idosos cujos nomes começam pelas letras A e B

Dia 01/04: idosos cujos nomes começam pelas letras A e B

Dia 02/04: idosos cujos nomes começam pelas letras C e D

Dia 03/04: idosos cujos nomes começam pelas letras C e D

 *Vacinação neste local é EXCLUSIVA para idosos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: