Pós-graduação em Criminologia começará em março na capital maranhense

O Infor/MA, anunciou uma novidade em suas redes sociais, o que causou uma empolgação em várias pessoas interessadas na temática. A Criminologia é uma ciência que desperta essa curiosidade, pela forma como aborda o delito. Esse estudo é multidisciplinar, uma vez que recebe a colaboração de outros ramos, como a Psicologia, Sociologia e Antropologia.

De acordo com Tânia Ligia e Marco Simões Júnior, coordenadores do Infor/MA, a matricula para a especialização custa R$ 250, sendo que a mensalidade será R$ 600. No entanto, se o aluno pagar até o dia 6 de cada mês, o valor fica R$ 540. O início das aulas está previsto para março. A duração da pós-graduação em Criminologia será de 1 ano e 8 meses.

Os módulos abordados na pós-graduação serão: Criminologia, Vitimologia, Psicopatologias: crimes e periculosidade, Avaliação e Diagnóstico em contexto jurídico, Psicologia Criminal, Perícia Psicológica Forense, Neuropsicologia Forense, Psiquiatria Forense, Criminal Profiling: perfilamento criminal, Vestígios Psicológicos em Local de Crime, Genética e Comportamento, Delinquência Juvenil e Comportamento Desviante, Direito e Formação Humanística, Direito Penal e Sistema Prisional, Metodologia da Pesquisa Científica e Didática.

Ao final do curso, o aluno elaborará e defenderá um artigo sobre algum tema relacionado à Criminologia.

Para os interessados, os contatos são os seguintes: (98) 98154-1094/98848-3170. O Infor/MA fica no Edifício Orlando Araújo, Rua do Outeiro, Centro de São Luís, por trás do Hospital Português.

Criminologia

A Criminologia é um conjunto de conhecimentos que estuda o fenômeno e as causas da criminalidade, bem como a personalidade do delinquente e sua conduta delituosa. Esta ciência tem como objeto de estudo – apesar de não delimitado, como analisou Augusto Thompson – o crime, suas circunstâncias, seu autor, sua vítima e o controle social. Os autores atribuem a sua criação a Raffaele Garofalo, embora o termo já tivesse sido utilizado antes por Paul Topinard.

 

Fonte: Nelson Melo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: