Organização Internacional diz que falta transparência na divulgação de dados da Covid-19 no Maranhão

Um levantamento da Open Knowledge Brasil (OKBR), mostra que falta transparência na divulgação de dados da Covid-19 no Maranhão. A OKBR é uma organização sem fins lucrativos que avalia a transparência e a condição da abertura de dados públicos em mais de 60 países. De acordo com estudo feito, apenas 32% dos estados brasileiros compartilham de maneira satisfatória dados sobre a pandemia causada pelo novo coronavírus. E quanto ao Governo do Maranhão existem falhas.

De acordo com a OKBR, nenhum estado atingiu a nota máxima, e o Maranhão descumpre uma série de requisitos para chegar a nota máxima. O estado não informa detalhadamente a taxa de ocupação de leitos de toda sua rede hospitalar, não traz informações do número de testes disponíveis para doença, entre outros dados.

Apenas quatro Estados (Espírito Santo, Goiás, Pernambuco e Rondônia) conseguem informar a quantidade de testes disponíveis da doença. A taxa de ocupação de leitos de toda a sua rede hospitalar só é respondida detalhadamente por Ceará, Piauí e Rio Grande do Sul.

O acompanhamento começou no início de abril. A cada semana é divulgado um boletim com a pontuação e nível de transparência de cada Estado.

 

Por Diego Emir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: