Justiça do Maranhão autoriza Tiago Bardal prestar esclarecimentos na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados em Brasília

Quem apostou que a prisão do delegado Tiago Bardal poderia ser um fator impeditivo para a sua ida à Câmara Federal, onde será ouvido na Comissão de Segurança, sobre as denúncias contra o secretário de Segurança do Maranhão, Jefferson Portela, se enganou.

A Justiça, através da 1ª Vara Criminal, autorizou a ida de Bardal para participar da oitiva, que será comandada pelo deputado federal Aluisio Mendes. A autorização foi assinada pelo juiz Ronaldo Maciel que autorizou a ida mediante escolta da Polícia Federal. Veja abaixo a decisão.

 

Tiago Bardal e o delegado Ney Anderson serão ouvidos na Comissão de Segurança, após serem convocados através de um requerimento do deputado Aluísio Mendes (Podemos). A oitiva acontecerá no dia 02 de julho, às 16h30.

Os dois delegados tem acusado, sistematicamente, Jefferson Portela de ter realizado investigações ilegais, inclusive através de grampos sem autorização, contra desembargadores, filho de desembargadores e políticos, principalmente aqueles que não são da base do governador Flávio Dino. Jefferson Portela tem negado as acusações.

É aguardar e conferir.

Fonte Jorge Aragão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: