Governo do Estado demite médico da Hemomar de Pedreiras que reclamou de atrasos no salário

O Governo do Estado segue no desmonte do sistema de saúde em decorrência da falta de recursos financeiros. Hospitais estão sendo fechados e centenas de profissionais de saúde foram demitidos. Um grande número de médicos sofrem com salários atrasados há vários meses. Diante desse cenário, os grupos das redes sociais se tornam um importante meio para médicos  cobrarem direitos e realizarem denúncias de irregularidades. Dentro desses grupos, Dr. Leosk se mostrou um dos membros mais atuantes, convocando vários colegas para ingressarem na causa. O médico tem feito críticas a gestão do atual Governo do Estado na área da saúde. No entanto, ficou demonstrado que quem procura reivindicar seus direitos são perseguidos pela SES (Secretaria de Estado da Saúde).

Dr. Leosk trabalhou no Centro de Hematologia e Hemoterapia de Pedreiras (Hemomar), por quase três anos e foi perseguido pela sua atuação em defesa da classe médica. Em consequência de sua corajosa posição em defesa dos colegas e da qualidade de saúde ofertada pelo Governo do Maranhão, Dr. Leosk recebeu ontem (15) sua carta de demissão.

O afastamento do médico é controverso em muitos sentidos, pois além dele não ter recebido aviso prévio, o conteúdo da carta de demissão também não apresentava justificativa alguma, simplesmente relatava que seus serviços na Hemomar de Pedreiras estavam encerrados.

O caso do Dr. Leosk é apenas um entre vários no Maranhão. Um número significativo de médicos passam por situações parecidas, além de se sentirem ameaçados e desprestigiados por demonstrar sua indignação com governo estadual.

“Quatro meses de salário atrasado não é normal para profissional nenhum, isso de qualquer área e não só da saúde. É um absurdo”, denuncia  Dr. Leosk.

Por outro lado, não são poucos os médicos que sentem inseguros com o perigo de perseguições e preferem o silêncio. O Maranhão precisa de mais médicos com a postura do Dr. Leosk para brigarem pelos direitos da classe, que caso sejam atendidos, vai se revestir em melhores condições de saúde para a população mais carente que não tem condições de pagar planos de saúde e outros serviços médicos particulares.

Ainda 

No último dia 28 de agosto, o Blog do Carlinhos Filho publicou uma matéria sobre os atrasos no salário dos médicos da rede estadual. As informações apontavam ainda diversas outras irregularidades, como o fato dos profissionais serem impedidos de se alimentarem nas unidades, além de diversos problemas na infraestrutura dos hospitais. Confira: https://www.carlinhosfilho.com.br/2019/08/medicos-que-prestam-servicos-para-o.html

Por Blog Carlinhos Filho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: