Notícias

CEO do Grupo Maktub Educacional, Diego Franco participa do Encontro de Líderes e Congresso Bett Brasil 2024 em São Paulo

O professor Diego Franco, CEO do Centro Educacional Maktub, participou na semana passada, durante quatro dias, do Congresso Bett Brasil 2024 – maior evento de Inovação e Tecnologia para Educação na América Latina e do Econtro de Líderes. O evento Bett Brasil 2024 sobre conhecimento e o futuro educacional aconteceu no Expo Center Norte em São Paulo, de 23 a 26 de Abril de 2024.

O ponto de encontro reuniu representantes da comunidade Educacional do Brasil inteiro para dialogar sobre fomento de novas ideias, negócios e soluções. Mais de 40 mil educadores trocaram ideias e conhecimentos durante quatro dias, coletando conteúdos e adquirindo experiências transformadoras para educação.

Os palestrantes destacaram algumas das tendências de Educação que pautaram a 29ª edição da Bett Brasil: a Inteligência Artificial, como ferramenta de ensino, personalização da aprendizagem, educação inclusiva, competências socioemocionais, edutainment (metodologia de ensino que utiliza o entretenimento para reter a atenção do colaborador e, assim, potencializar o aprendizado) e valorização da saúde mental.

O tema principal desta edição foi “Inovação com propósito: educação em diálogo com as transformações sociais”. “Esta foi a maior edição de toda a história da Bett Brasil. Superamos os 40 mil visitantes durante os quatro dias de evento”, celebra Claudia Valerio, diretora da Bett Brasil.

No que se refere ao conteúdo, a oferta de painéis e palestras contou com a participação de mais de 400 palestrantes e, na parte da exposição, mais de 300 marcas expositoras estiveram presentes, representando todo o ecossistema educacional brasileiro. “A Bett Brasil consolidou-se como um interlocutor do diálogo entre as demandas dos gestores, professores, estudantes e dos desenvolvedores de soluções e tecnologias. Todos, juntos, com o mesmo propósito de viabilizar a evolução da educação”, acrescenta Valério.

O CEO do Grupo Maktub Educacional destacou a importância de congresso dessa natureza para a educação brasileira. ‘’A Bett Brasil nos permite aprofundar discussões ligadas à setor educacional, entre elas, o ensino alinhado à saúde mental e a humanização do olhar sobre o estudante e seu campo de atuação. Sabemos que a educação do País passa por um processo de transformação e precisamos estar prontos para essa nova realidade da Inteligência Artificial (IA)’’ destacou Diego Franco que inclusive estará compondo a delegação Bett Londres.

A diretora de Conteúdo da Bett Brasil, Adriana Martinelli, ressalta a diversidade do conteúdo apresentado na 29ª edição do evento. “Temos um conteúdo muito voltado para a realidade atual da Educação, que é direcionar o olhar para as transformações sociais”, afirma.

“E com isso, conseguimos trazer a diversidade para os palcos da Bett Brasil, incluindo palestrantes internacionais, o que ajuda a compreender de forma globalizada os desafios da Educação”, completa Adriana, que também destaca as novidades que marcaram essa edição, como por exemplo a participação dos estudantes com uma programação especial para que eles tenham uma voz ativa no evento.

Também estiveram presentes Augusto Cury; Léo Fraiman; Leandro Karnal; Aberson Carvalho, secretário de estado da Educação, Cultura e Esportes do Acre; Vera Lúcia Cabral, diretora da Ed-Skiling Microsoft Brasil; Francisco Leitão, professor do Núcleo de Ensino da Unidade de Internação de Santa Maria, no Distrito Federal; e Lucas Coelho, 14 anos, estudante da escola Lourenço Castanho pelo programa da Bett Brasil.

ESTUDO OCDE

A Bett Brasil foi palco do anúncio oficial dos resultados inéditos do estudo “Social and Emotional Skills for Better Lives (Competências socioemocionais para uma vida melhor, em tradução livre),” divulgado pelo Instituto Ayrton Senna (IAS).

O estudo foi conduzido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), em colaboração com o Instituto Ayrton Senna (IAS).

É a primeira vez que o Brasil participa como campo de implementação principal na coleta global de dados sobre o assunto, junto com outros 16 países e organizações, incluindo Colômbia, Chile, Itália, Japão, Finlândia e Bulgária.

No Brasil, o estudo foi conduzido na cidade de Sobral, no Ceará, em 2023, com mais de 4.500 estudantes de 10 e 15 anos, professores, diretores escolares e pais/responsáveis.

O estudo avalia 15 competências socioemocionais e sua importância na vida dos estudantes, além de examinar os fatores que promovem ou dificultam seu desenvolvimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *