Ator global lamenta poluição de praia de São Luís e faz apelo ao governo

O ator e humorista Nelson Freitas, da Rede Globo, postou em seu perfil no Instagram um vídeo em que lamenta as condições impróprias para banho da Praia da Ponta d’Areia, em São Luís. Da sacada do apartamento do hotel onde hospedou-se recentemente na capital, o artista, que ficou famoso ao encarnar vários personagens no programa humorístico Zorra Total, elogiou a beleza da orla ludovicense, mas alertou sobre o perigo de um mergulho no mar poluído.

“O cocô é todo despejado direto no mar. O esgoto é todo despejado no mar. Não é possível”, queixou-se.

Ele fez um apelo ao governo e à prefeitura para que preservem o litoral. Detalhe: além da Ponta d’Areia, as praias do Calhau, Olho d’Água e Araçagi estão totalmente impróprias para banho, segundo o mais recente laudo de balneabilidade divulgado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema).

 

A repercussão da postagem do ator e humorista Nelson Freitas foi muito grande e serviu para chamar atenção das autoridades mais vez, já que a própria SEMA, Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais tem constatado periodicamente a poluição e a falta de condições de balneabilidade em praias de São Luís e José de Ribamar, na quinta-feira(19) mais uma vez essa constatação foi feita através de relatório que demonstra que praticamente todas as praias de São luís e São José de Ribamar estão impróprias para o banho, somente três locais, Praia de São Marcos em frente aos Bares Do Chef e Marlene’s, São Luís e na Praia do Meio em frente ao Bar do Capiau e em frente ao Bar da Praia, São José de Ribamar estão permitidos para o banho.

Não foi por falta de aviso, o vereador e presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara Municipal de São Luís Estevão Aragão alertou por várias vezes, inclusive mostrando em vídeos e imagens a “língua negra” (esgoto “in natura”) que é despejado na praia do Calhau outro ponto da orla de São Luís onde se pode observar facilmente a poluição, Estevão Aragão cobra providências pela negligência e irresponsabilidades do poder público para com o meio ambiente, já que a poluição além de afetar o turismo e a economia, pode significativamente prejudicar a saúde dos banhistas.

 

 

Fonte: Blog Daniel Matos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: