Notícias

Arraial da Assembleia se despede com 11 atrações na última noite e deixa saudades

O Arraial da Assembleia foi encerrado neste domingo (23), véspera de São João, deixando saudades no público, após quatro noites embaladas pela beleza, alegria e diversidade da cultura popular maranhense. A festança, que foi aberta na quinta-feira (20), no estacionamento da Casa, se despediu com programação que destacou 11 apresentações no tablado, além do conforto, acessibilidade e segurança que são marcas do espaço.

A presidente do Parlamento Estadual, deputada Iracema Vale (PSB), presente em todas as noites, avaliou de forma positiva a iniciativa. “O Arraial da Assembleia foi um sucesso, brincamos com segurança, tranquilidade, acessibilidade, fazendo um São João solidário e, claro, promovendo a cultura do Maranhão, sempre com o apoio dos servidores da Casa, a quem agradeço, e também ao governador Carlos Brandão (PSB), que foi um grande apoiador do nosso arraial”, disse a presidente Iracema Vale.

O deputado e líder do governo no Parlamento, Neto Evangelista (União Brasil), destacou a importância que o Arraial da Assembleia tem no cenário cultural do Maranhão. “A Assembleia abriu suas portas para a população que vem se divertir e participar desta festa, que tem clima familiar, seguro, confortável, preparado pela presidente Iracema Vale com muito carinho. A cidade recebe muitos visitantes nesta época, também porque o governador Carlos Brandão divulgou nossa cultura para o Brasil e o resultado é muito bom”, destacou Evangelista.

O deputado Roberto Costa (MDB) frisou a grande adesão do público ao Arraial da Assembleia. “O Arraial da Assembleia recebeu um grande número de pessoas, tem se consolidado no calendário cultural de São Luís e do Maranhão. Tudo isso pela estrutura disponível, abertura de espaço para o comércio, os empreendedores, além de ser palco para as grandes manifestações da nossa cultura, com participação de grupos de vários municípios. Com o arraial, a presidente Iracema Vale tem fortalecido a nossa cultura e o São João feito pelo governador Brandão”, asseverou Roberto Costa.

Criança se encanta com o bumba meu boi durante apresentação no Arraial da Assembleia, neste domingo

Consolidado

O espaço junino montado pela Alema já se consolidou no calendário cultural do Maranhão, sendo aguardado por muita gente, especialmente por aqueles que apreciam a cultura do estado. Este é o caso da professora Cristina Dourado, que levou a família para ver de perto a programação do último dia de festança.

“Todos os anos eu venho ao Arraial da Assembleia, por ser um espaço seguro e também disponibilizar espaços para crianças e pessoas idosas e com deficiência. Além disto, a programação é sempre muito boa, com tudo o que a gente gosta, que são os grupos de boi e diversos sotaques e danças folclóricas”, disse Cristina Durado, que estava acompanhada pela mãe, o filho e o esposo.

Programação do Arraial da Assembleia destacou grupos de bumba meu boi do sotaque de orquestra

Atrações

O Arraial da Assembleia recebeu, nos quatro dias de festança, cerca de 45 grupos folclóricos de São Luís, mas também de diversos municípios do Maranhão. Na programação, foram contemplados bois dos principais sotaques – orquestra, baixada, matraca – danças portuguesas, cacuriá, quadrilhas, companhias de dança e forró, resultando em uma mostra da diversidade cultural do Maranhão.

Na noite de encerramento, a festa começou com o Forró do Tony que, ao som da sanfona, deu o tom com um repertório que reuniu clássicos do pé de serra. As orquestras dos bois Encanto do Olho d’Água, Pérola dos Lençóis, Estrela dos Lençóis, Novilho do Lençóis, Boi de São Simão e Boi de Morros levaram o público a dançar ao som dos metais e todas, encantando com as coreografias executadas por índias, índios, vaqueiros campeadores e demais personagens da manifestação, originária da região do Munim.

Integrantes da Quadrilha Flor e Beija Flor durante apresentação neste domingo, no Arraial da Assembleia

Também se apresentaram a quadrilha Flor e Beija Flor, Dança Country Coração de Peão e, fechando a noite, o batalhão pesado do Boi de Ribamar, este último, representante do sotaque de matraca, fez o público pulsar, deixando saudades e um gostinho de quero mais.

Além disso, a movimentação foi grande no parquinho infantil, com muitos brinquedos para a criançada, nas barracas de comida típica, na área do programa Mais Renda e do artesanato, e no espaço que recebeu idosos, cadeirantes e pessoas com baixa mobilidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *